AMAAIAC forma 47 novos Artistas da Floresta na Terra Indígena Praia do Carapanã

Outrora jazida nos roçados e igapós da região, troncos de madeira tombados pela força da natureza ganham novas formas e aspectos nas mãos dos jovens artesãos da Terra Indígena Kaxinawá da Praia do Carapanã, localizada no município de Tarauacá, estado do Acre.

As atividades de Artes e Ofício, parte fundamental do projeto intitulado “Reutilização de madeira para a confecção de móveis, esculturas e outros objetos de uso”, ocorreram, nesta etapa, na Aldeia Água Viva, a maior dessa terra indígena.

O projeto, fruto de uma conjugação de esforços entre a AMAAIAC, a Associação dos Produtores e criadores Kaxinawá da Praia do Carapanã (ASKPA), Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Governo do estado do Acre, formou, entre os dias 5 e 17 de março de 2018, 47 novos artistas da floresta. Estes, durante as oficinas, participaram de debates sobre formas de reaproveitamento dos bens florestais até então desperdiçados nas adjacências da Terra Indígena, assim como também incorporaram novas técnicas para o entalhe de formas variadas na madeira.